BRETZEL – ALEMANHA

Tags

,

O Pretzel (Brezel, em alemão) é o tradicional pão alemão, em forma de nó, habitualmente assado e salgado.

Este tradicional salgado alemão, é uma especialidade do Sul da Alemanha.

Durante a passagem de ano, as crianças da Alemanha colocam Pretzels ao redor do pescoço para terem boa sorte no novo ano.

Ingredientes:

2 xícaras (chá) de água morna

3 colheres (sopa) de bicarbonato de sódio

5 g de fermento biológico granulado

2 colheres (sopa) de açúcar

1½ xícara (chá) de água morna

1 colher (chá) de sal

4½ xícaras (chá) de farinha de trigo

2 colher de extrato de malte de cevada

2 colheres (sopa) de sal grosso

3 colheres (sopa) de manteiga derretida

Preparo:

  1. Para o preparo da massa, coloque em uma tigela a água morna e salpique com o fermento biológico e misture bem
  2. Acrescente o açúcar, sal e extrato de cevada e misture novamente.
  3. Acrescente a farinha de trigo aos poucos misturando bem a massa, amasse até a massa desprender das mãos, parecendo uma massa de pão.
  4. Coloque a massa para descansar e crescer por 45 minutos, ou até que dobre o volume.
  5. Misture bem o bicarbonato e a água morna, reserve.
  6. Unte uma assadeira com óleo vegetal. Pré-aqueça o forno a 200 graus.
  7. Após crescida, divida a massa em 10 partes iguais e vá esticando a massa com as palmas das mãos fazendo o formato de cobrinhas com cerca de 2 cm de espessura por 50 cm de comprimento.
  8. Dê o formato tradicional de pretzels, ou então uma as duas extremidades e faça um
  9. Mergulhe cada pretzel na água com bicabornato e coloque na assadeira untada, deixe crescer novamente por mais 15 minutos.
  10. Asse os pretzels por cerca de 12 minutos ou até que estejam bem dourados, retire do forno e ainda quentes pincele com manteiga derretida e salpique com o sal grosso.

PEIXINHOS DA HORTA – PORTUGAL

Tags

,

Peixinhos da horta é um prato tradicional da culinária de Portugal. Consiste de pedaços de feijão-verde fritos envoltos num polme. Pode também ser preparado com outros vegetais, tais como a abóbora e o pimento.

Ingredientes: 500g de feijão verde 125g de farinha 1 ovo 1 colher de cebola picada Azeite para fritar Sal e pimenta a gosto

Preparação: Limpar o feijão verde eliminando os fios e cortá-lo em pedaços. Cozinhar em água fervente com sal durante 4 minutos. Escorrer e reservar. Preparar a massa para fritar, misturar numa tigela a farinha com água necessária para obter um creme espesso, acrescentar o ovo batido junto a colher de cebola picada bem fina, a pimenta e misturar bem. Aquecer o azeite numa frigideira, passar o feijão na massa e fritar. Retirar os “peixinhos da horta” com uma espumadeira, escorrê-los sobre o papel absorvente de cozinha para eliminar o excesso de gordura e servir.

DANÇA FLAMENCO – ESPANHA

Tags

,

 

O flamenco é um estilo de música e dança tipicamente espanhol. Essa manifestação cultural é relacionada sobretudo à comunidade autônoma da Andaluzia, ao sul da Espanha, assim como à cidade de Múrcia e à região de Estremadura.

Com influência árabe, judaica e cigana, o flamenco está presente na identidade principalmente do povo andaluz.

A origem do flamenco ainda é investigada, más tudo leva a creer que que o flamenco teve origem nos bairros pobres ciganos (as gitanerias) e foi passado de geração para geração transformando-se em uma expressão artística bastante elaborada.

Por ter surgido em um período muito tumultuado, a história do flamenco perdeu detalhes importantes. Na época, os povos mouriscos, judeus e ciganos sofriam grandes perseguições por conta da inquisição espanhola.

Além disso, os ciganos – vindos da Índia em torno de 1425 – apresentavam uma forte tradição oral e suas músicas eram transmitidas através das próprias performances musicais para as comunidades.

Entre 1869 e 1910 houve a chamada “época de ouro”, quando o flamenco ganha espaço nos “Cafés Cantantes” – locais de entretenimento e shows.

A princípio, o flamenco era constituído apenas do canto. Com o tempo foi ganhando outros elementos, como as palmas, o violão, o sapateado e a dança.

Também foram incluídos os instrumentos de percussão: cajón e castanhola.

As roupas usadas pelas dançarinas eram simples como as vestimentas das camponesas. Elas usavam também bijuterias e adornavam seus cabelos com flores.

CABRALES – QUEIJO ESPANHOL

Tags

,

Os próximos dias vou falar um pouco de alguns queijos que esperimentei ao redor do mundo e gostaria de compartilhar com vocês.

O queijo espanhol Cabrales representa o que há de mais robusto em termos de queijos azuis, graças ao seu intenso sabor forte, picante. Tradicionalmente é feito com uma mistura de leites de vaca, ovelha e de cabra e maturado durante meses em cavernas rústicas e sem revestimento. Cabrales tem uma textura ligeiramente quebradiça e seu sabor é penetrante e persistente. Como todo queijo azul, ele é melhor apreciado com os vinhos generosos, como o Sherry, o Porto e o Sauternes. Vai bem com Finos e Manzanillas

Para quem curte o queijo gorgonzola o gosto lembra um pouco, más é mais forte.

FEIJOADA PERNAMBUCANA – PERNANBUCO

Tags

,

A feijoada é o prato mais típico do Brasil e cada região do Brasil acaba colocando sua regionalidade no prato, más a essência é sempre a mesma. Hoje vamos ver uma receita da saborosa Feijoada Pernambucana.

INGREDIENTES: 1kg de feijão mulatinho 12 aipim 12 quiabos 4 chuchus 2 cenouras médias 200g de jerimum 300g pé de porco 100g de calabresa 200g de paio 200g de lombo 200g de bacon 300g de charque 300g de costela de porco 300g de língua bovina 2 folhas de louro 50g de alho picado 3 cebolas médias picadas 1/4 de maço de cebolinha verde 4 tomates picados 1 pimentão picado

Na noite anterior coloque todos os ingredientes salgados da feijoada de molho trocando a água quantas vezes for necessário até que estejam totalmente sem sal. coloque em uma panela para cozinhar um por um na ordem do mais duro ao mais macio. Tempere as carnes frescas com alho e acrescente-as ao cozimento das carnes. Adicione também o paio e a calabresa inteiros e deixe cozinhar até que estejam macios e escorra-os e deixe esfriar. Corte as carnes, paio e calabresa e reserve. Utilize a água do cozimento das carnes para cozinhar o feijão.

Em outra panela coloque o bacon picado. Quando derreter toda a gordura, acrescente o restante do alho picado. Quando dourar adicione a cebola e o louro e, em seguida o pimentão e tomate. Deixe refogada junte as carnes, paio e calabresa. Mexa e coloque o feijão cozido com os legumes. Prove para medir o sal. Deixe ferver e por fim acrescente por fim o cheiro Verde.

BOLO DE ROLO – PERNAMBUCO

Tags

,

Origem do Bolo de Rolo

O típico bolo de rolo de Pernambuco é uma variação para o colchão de noiva, um tipo de doce português recheado de amêndoas. Com a ausência das amêndoas as senhoras de engenho (sinhás) trocavam elas pela mistura de água, açúcar e goiaba.

Por trás da aparente simplicidade sugerida pelos ingredientes, o bolo de rolo exige cuidado especial no preparo. O segredo está na junção das finas camadas de massa e de goiabada antes de ganhar uma generosa cobertura de açúcar e ser enrolado.

bolo de rolo

       Ingredientes

Massa

  • 1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar
  • 10 colheres (sopa) de manteiga
  • 5 ovos
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha (opcional)
  • Recheio
  • 300 g de goiabada em barra 
ou
  • 400 g de goiabada cremosa 

    Modo de Preparo

    Massa: bata a manteiga e o açúcar até obter um creme fofo. Adicione os ovos um a um batendo sempre. Se desejar, nesse momento adicione a essência de baunilha.

    Diminua a batedeira para a velocidade mínima e, aos poucos, acrescente a farinha de trigo. Bata o suficiente apenas para misturar a massa.

    Preaqueça o forno à 240ºC. Espalhe cerca de 4 a 5 colheres de massa com o auxílio de uma espátula de cortar bolo em cada assadeira. Cada camada leva aproximadamente de 3 a 4 minutos para assar. Você saberá o ponto certo quando a massa estiver opaca e não colar no seu dedo. Tire imediatamente para não passar do ponto. Espalhe o recheio e enrole ainda quente. Faça do mesmo modo com as demais camadas, porém você irá juntá-las pela emenda. Decore com açúcar.

    Recheio: se usar goiabada em barra, cozinhe em 500 ml de água. Derreta a goiabada com água em fogo baixo e deixe engrossar até atingir a textura desejada para espalhar.

     

CARNE DE SOL COM QUEIJO COALHO – NORDESTE BRASIL

Tags

,

Um dos pratos mais típicos do Nordeste Brasileiro é a carne de sol. Segue uma sugestão de refeição muito comum na região e fácil de fazer.

Ingredientes: 2kg de carne de sol 1,5kg de feijão verde 300g de queijo coalho 3 cebolas médias 20g de cheiro verde a gosto 200g de mandioca

Preparo: Cozinhe o feijão na água e sal e tempere com cheiro verde. Em seguida escalde a carne de sol, corte em cubos e asse e refogue com pedaços de cebola. Corte pedaços de queijo coalho e asse até criar uma crosta dourada e crocante. Cortar a mandioca cozida bem fina e fritar até ficar bem crocante. Se preferir pode fazer uma farofa para acompanhar.

TACOS AL PASTOR – MÉXICO

Tags

,

Um dos pratos mais consumidos no México são os tacos e destaco um dos mais famosos o taco al pastor, muito popular na Cidade do México e você o encontrará tanto em restaurantes sofisticados como em botecos no meio da rua.

Tradicionalmente a carne para confecção dos tacos é espetada em um espeto na posição vertical onde é assada.

tacos al pasto espeto

Os ingredientes são basicamente: lombo de porco, pimenta, alho, cebola e abacaxi servidos em uma tortilla de milho e cada restaurante/boteco faz seu molho e tem seus segredos na preparação da carne.

Más de todas as formas é uma delícia, colocando um limão por cima da carne na hora de servir então fica nota 10!!!

tacos al pastor